Escada marinheiro

Roberto Massaru Watanabe
Roberto Massaru Watanabe
Roberto é engenheiro civil formado pela USP e especialista em patologias das edificações.

O acesso a locais restritos, como reservatórios elevados de prédios, barriletes e outros onde só é permitida a entrada de pessoas autorizadas, pode ser feito por uma escada do tipo marinheiro.

Escada tipo marinheiro

A escada marinheiro é mais simples de ser construída do que uma escada convencional. Ela também ocupa menos espaço. No entanto, como as outras escadas, também requer alguns dispositivos de segurança, como guarda-corpo e espelho de determinada altura.

A segurança da escada marinheiro é determinada por normas regulamentadoras estabelecidas pelo Ministério do Trabalho (NR-12, NR-18 e NR-35) e pela ABNT (NBR 15708-6).

Dadas as diferenças entre as normas, procuramos trazer aqui parâmetros razoáveis que atendam a todas elas e evitem autuações, multas e outras dores de cabeça futuras.

Degraus da escada marinheiro

Altura e largura do degrau

Dimensões do degrau da escada marinheiro

Montagem dos degraus

Os degraus podem ser independentes, sendo fixados por meio de um suporte que é chumbado diretamente na parede:

Degrau individual da escada marinheiro

Pode também possuir estrutura própria longitudinal, sendo que é essa estrutura que é fixada na parede:

Degraus da escada marinheiro

Resistência do degrau

Os degraus da escada marinheiro devem ser resistentes e suportar a aplicação de uma força concentrada de 4 quilonewtons (408 kgf) na parte central do degrau por um período de 10 minutos. Retirada essa carga, é tolerada uma deformação permanente de até 18 milímetros.

Resistência da escada marinheiro

A carga de 408 kgf, aparentemente excessiva considerando o peso de uma pessoa, prevê possíveis quedas. Nessa situação, a carga é multiplicada pelo coeficiente de impacto, e o degrau deve suportar o tranco, sem quebrar ou escapar do apoio.

Guarda-corpo da escada marinheiro

Os lances acima de 2 metros deverão, obrigatoriamente, ser protegidos por um guarda-corpo.

Dimensões do aro do guarda-corpo
Dimensões do aro da gaiola

O guarda-corpo deve avançar pelo menos até 1,10 metro acima do último patamar.

Guarda-corpo errado
ERRADO: guarda-corpo termina antes do fim da escada
Guarda-corpo correto
CERTO: guarda-corpo sobe acima do patamar

Veja abaixo um esquema da estrutura do guarda-corpo:

Esquema de guarda-corpo de escada marinheiro

Lances da escada marinheiro

Os lances de uma escada tipo marinheiro não podem ter comprimento superior a 9 metros. Caso haja uma queda acidental, ela não será maior que 9 metros. Os diversos lances deverão ser dispostos de forma alternada, intercalados por patamar de descanso:

Patamar entre lances de escada marinheiro
Patamar entre lances de escada marinheiro

Veja um esquema mostrando as dimensões do guarda-corpo e dos lances da escada marinheiro:

Esquema completo de escada marinheiro

Porta de acesso da escada marinheiro

Para evitar o uso da escada marinheiro por pessoa não autorizada, pode-se instalar uma porta.

Essa porta é do tipo “inteligente” e é instalada na altura do sexto degrau, na forma de um trecho da escada contendo os degraus de número 4 e 5.

Assim, quando a porta estiver fechada e com o cadeado instalado, a escada ficará sem os degraus 4 e 5, dificultando a subida que terá 90 cm ente os degraus 3 e 6.

Abrindo-se o cadeado, a porta se abre e, abaixada irá formar os degraus 4 e 5. Os degraus adicionais 4.a e 5.a reduzem o espaço entre degraus para 15 cm, para impedir a passagem quando a porta estiver fechada.

Veja um desenho esquemático:

Porta de escada marinheiro

Compartilhe esse artigo

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email
Imprimir

Compartilhar

Artigos relacionados

Leia também

plugins premium WordPress