Como calcular a altura e largura do degrau de escada

Roberto Massaru Watanabe
Roberto Massaru Watanabe
Roberto é engenheiro civil formado pela USP e especialista em patologias das edificações.

Os degraus e espelhos de uma escada devem ter tamanhos que permitam um caminhar confortável e seguro. Espelhos muito altos exigem esforços exagerados na subida. Escada muito íngreme causa medo em quem desce. Escada muito suave causa desconforto para subir.

Conheça abaixo as medidas mais adequadas para calcular o degrau de escada. Confira também um exemplo prático de projeto de escada no final da página.

As pesquisas de Blondel

Quem analisou profundamente a questão da segurança, energia e conforto para subir e descer escadas foi o arquiteto francês Nicolas-François Blondel (1618-1686), mais conhecido como François Blondel ou simplesmente Blondel.

Não confundir Nicolas-François Blondel com Jacques-Fronçois Blondel ou Jean-François Blondel que também foram arquitetos.

Durante sua gestão como diretor da Academia da França, desenvolveu inúmeras pesquisas sobre a performance de um ser humano ao subir ou descer escadas.

Segundo sua tese, o ato de subir ou descer escadas deve ser um ato instintivo e não deve requerer da pessoa grandes habilidades e nem grandes esforços.

No ano de 1675, Blondel inicia na Academia Real de Arquitetura da França o estudo prático da energia dispendida para subir e descer escadas.

Estudando o passo (distância percorrida pelo pé durante a marcha normal em um plano horizontal), Blondel observou que ele diminui (fica mais curto) quando a pessoa sobe uma escada. Observou também que quanto mais alto o degrau menor é o passo:

Repetindo as experiências e medindo o passo e a altura do degrau, chegou à conclusão de que existe uma relação de proporcionalidade entre o passo e a altura do degrau. Cada vez que sobe um pouce, o valor da porção horizontal é reduzido em dois pouce. Pouce é a unidade em que se media distâncias naquela época.

Podemos traduzir a conclusão de Blondel como “cada vez que a altura do degrau aumenta um centímetro, o passo diminui dois centímetros.

A escada que respeita esta proporção é uma escada confortável.

A fórmula de Blondel

A famosa fórmula de Blondel tem o seguinte aspecto:

M = 2H + g

Onde:
M = Module ou le pas, que é o tamanho do passo da pessoa;
H = hauteur, que é a altura entre um degrau e outro;
g = giron, que é a distância horizontal entre duas quinas consecutivas em uma escada (largura do degrau).

No Brasil, a norma NBR-9077 também adota a fórmula de Blondel e admite duas situações extremas: uma com passo de 63 centímetros e outra com passo de 64 centímetros.

Altura e largura do degrau da escada

Altura dos degraus

Regra 1

Todos os degraus de uma escada devem ter a mesma altura e largura.

Uma escada com degraus de alturas e/ou larguras diferentes ao longo do lance não é aceitável.

A escada do desenho seguinte não é aceitável, porque tem degraus pequenos e degraus grandes. Ao usar essa escada, as pessoas terão a tendência a tropeçar.

A tolerância, isto é, a variação máxima entre um degrau e outro, não pode ser maior que 0,05 centímetros.

Regra 2

Os degraus devem ter altura (h) compreendida entre 16 e 18 centímetros, com tolerância de 0,05 centímetros.

Isto significa que o degrau mais baixo possível terá 16 centímetros de altura. Uma escada com degraus de altura menor que 16 centímetros não será uma escada confortável.

Também significa que o degrau mais alto possível terá 18 centímetros de altura. Uma escada com degraus de altura maior que 18 centímetros não será uma escada confortável.

Regra 3

Escadas de serviço que não sejam utilizadas como saídas de emergência podem ter altura maiores.

TIPOS DE OCUPAÇÃO DO EDIFÍCIOALTURA MÁXIMA DO DEGRAU
Ocupações de A até G20 cm
Ocupação H19 cm
Ocupações I e J23 cm

Consulte a tabela de grupos de ocupação.

Largura dos degraus

A largura do degrau (b) é determinada em função da altura do degrau (h) segundo a fórmula de Blondel:

63 cm < (2h + b) < 64 cm

Separando as duas equações:

(2h + b) > 63 cm
(2h + b) < 64 cm

Tabela de dimensões altura x largura

ALTURA DO DEGRAU (cm)LARGURA DO DEGRAU (cm)
MÍNIMAMÁXIMA
18.027.028.0
17.927.228.2
17.827.428.4
17.727.628.6
17.627.828.8
17.528.029.0
17.428.229.2
17.328.429.4
17.228.629.6
17.128.829.8
17.029.030.0
16.929.230.2
16.829.430.4
16.729.630.6
16.629.830.8
16.530.031.0
16.430.231.2
16.330.431.4
16.230.631.6
16.130.831.8
16.031.032.0

Bocel e espelho

No caso de escadas com bocel (borda saliente do degrau sobre o espelho), ele deve ter uma saliência de pelo menos 15 milímetros.

Bocel da escada

Se o degrau não possui bocel, a linha de concorrência dos planos do degrau e do espelho se chama quina do degrau. Nesse caso, a quina deve ter pelo menos 15 milímetros de saliência na projeção horizontal sobre o degrau imediatamente inferior, ou seja, o espelho deve ser necessariamente inclinado.

Escada sem bocel

Exemplo prático de cálculo de escada

Vamos imaginar que precisamos calcular a escada para um sobrado. O desenho a seguir é a representação em planta da sala de estar onde pretendemos construir uma escada de acesso ao pavimento superior:

Projeto de escada

Passo 1 – Determinar a altura da escada

A escada começa no nível do piso no pavimento inferior e termina no nível do piso no pavimento superior:

Projeto de escada

Pé direito (distância entre o piso e o teto) = 2,70 m
Espessura da laje = 0,15 m
Altura da escada H = 2,70 + 0,15 = 2,85 m = 285 cm

Passo 2 – Determinar o número de degraus e a altura de cada um

Para saber quantos degraus serão necessários para esta escada, é preciso lembrar que, como visto anteriormente, o degrau ideal tem entre 16 e 18 centímetros de altura.

Então, dividimos a altura da escada (H) pela altura média do degrau (h):

Número de degraus = H / h

Para H = 285 cm e h = 17 cm,

Número de degraus = 285 / 17 = 16,76 degraus

Sendo um número quebrado, precisamos arredondar este valor para cima e para baixo e avaliar qual número de degraus resultará em uma altura de degrau mais próxima do ideal:

  • Opção com 16 degraus: 285 cm / 16 degraus = degrau de 17,8 cm de altura
  • Opção com 17 degraus: 285 cm / 17 degraus = degrau de 16,8 cm de altura
  • Opção com 18 degraus: 285 cm / 18 degraus = degrau de 15,8 cm de altura

A escada com 16 degraus terá degraus muito altos e vai exigir maior esforço na subida, além de ficar mais íngreme, o que pode ocasionar desconforto na descida.

A escada com 18 degraus, por sua vez, terá degraus muito baixos.

Nesse caso, a melhor opção é a com 17 degraus, sendo que cada um medirá 16,8 cm de altura.

Passo 3 – Determinar a largura do degrau

Altura e largura do degrau da escada

A largura do degrau, como visto anteriormente, é obtida a partir da altura. Consultando a tabela da relação altura x largura, vemos que, para uma altura de 16,8 cm, temos como largura ideal um valor entre 29,4 cm e 30,4 cm.

Qual valor escolher? Lembre-se de que a largura do degrau vai impactar no comprimento total da escada. Degraus mais estreitos irão resultar em uma escada mais íngreme e mais curta. Degraus largos, em uma escada mais suave e mais longa.

Projeto de escada

Vamos calcular o comprimento de escada resultante dos valores 29,4 cm e 30,4 cm:

  • Degrau com 29,4 cm de largura: 29,4 cm x 17 degraus = escada com 499,8 cm de comprimento
  • Degrau com 30,4 cm de largura: 30,4 cm x 17 degraus = escada com 516,8 cm de comprimento

Degraus mais largos tendem a ser mais confortáveis, mas é preciso atentar para o espaço disponível para a construção da escada.

Passo 4 – Avaliar o espaço disponível

Suponhamos que a escada acabe extrapolando o espaço disponível no cômodo. Veja na planta como ficaria a escada:

Projeto de escada

A escada não cabe na sala e ainda vai invadir o outro cômodo da casa, além de ficar muito próxima da porta. Às vezes, é possível sanar esse problema utilizando a largura de degrau mais estreita, como calculado acima. Outras vezes, é preciso intercalar uma mudança de direção na escada.

Mudanças de direção devem ser feitas com um patamar com as mesmas dimensões da largura do degrau:

Projeto de escada

Passo 5 – Realizar ajustes de medida

Depois de determinarmos as dimensões dos degraus e a posição exata onde vai ficar localizada a escada dentro da sala de estar, alguns ajustes no desenho são necessários.

Por exemplo, é preciso levar em consideração o revestimento escolhido, sobretudo quando se utiliza uma placa com espessura diferente nos degraus da escada e no piso dos pavimentos.

Após os ajustes, todos os degraus devem ter a mesma altura e largura.

Projeto de escada

Compartilhe esse artigo

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email
Imprimir

Compartilhar

Artigos relacionados

Leia também

plugins premium WordPress